Saiba mais sobre motor de caminhão e acerte na próxima compra - Blog Cavese Scania - Tudo sobre o seu caminhão
Saiba mais sobre motor de caminhão e acerte na próxima compra

Quando você entende todas as necessidades logísticas da sua frota, fica mais fácil descobrir qual é o caminhão certo e garantir ainda mais eficiência e produtividade na sua rotina.

Para escolher os melhores modelos, é muito importante ficar por dentro de todos os tipos de caminhões, suas capacidades de carga e quais veículos se adéquam mais ao trajeto que será percorrido no dia a dia. No entanto, muitas pessoas esquecem de analisar um fator essencial: o motor.

Então, que tal conhecer um pouco mais sobre motor de caminhão e os tipos de modelos disponíveis no mercado? Confira este post e fique por dentro de todos os elementos que devem ser analisados durante a negociação!

Como funciona o motor de caminhão?

Antes de acertar na compra e saber como o motor do caminhão pode influenciar sua decisão, o primeiro passo é entender como funciona esse componente. Afinal, você vai precisar de todas as informações possíveis para fazer uma boa escolha, não é mesmo?

Ao contrário de outros veículos, como motocicletas e automóveis, que utilizam motores flex, os caminhões contam com um motor a diesel, o que oferece maior eficiência e economia graças a baixa rotação.

Inventado no fim do século 19, esse motor queima o combustível a partir do calor liberado pela compressão do ar e permite adaptações para funcionar com diversos tipos, como óleo diesel, gás natural e gasolina de alta octanagem.

Outros fatores que tornam o motor a diesel o mais usado em veículos pesados são maior durabilidade, baixo custo de manutenção e melhor rendimento. Além de estar presente nos caminhões, ele também pode ser encontrado em ônibus, locomotivas e navios.

Como o eixo do caminhão influencia a eficiência do motor?

Responsável por transmitir o torque do motor para a tração do caminhão, o eixo é uma peça essencial para a eficiência do veículo. Afinal, não é nada fácil levar a tração para a grande quantidade de rodas que esse meio de transporte possui.

O eixo é formado por dois tubos ou mais, unidos por uma junta especial que faz com que os tubos girem e transmitam a força motriz para as rodas. De forma geral, quanto maior a rotação do motor em relação à rotação do eixo, maior será o torque do veículo. Por outro lado, quando esse giro do motor é menor em relação ao do eixo, a velocidade gerada é maior.

Com isso, é possível observar que o eixo não gira com a mesma rotação do eixo cardã, mas varia a cada marcha ou de acordo com a velocidade da caixa.

Por que é importante comparar o motor com a capacidade de carga do eixo e da caixa de mudanças?

Enquanto a velocidade do motor, medida em Rotações Por Minuto (RPM), é determinada pela quantidade de giros que o veio de manivelas dá em torno de si mesmo, a potência, medida em Horse Power (HP), é o valor gerado pelo funcionamento do eixo do motor.

Durante a transmissão de potência para o veículo, o motor é submetido a torque e precisa da potência do motor e da velocidade angular do eixo para exercer suas funções. Em suma, a energia de combustão absorvida pelo motor é convertida em energia mecânica disponível no eixo, gerando o bom rendimento e a eficiência do caminhão.

Sem uma capacidade adequada dos eixos e uma boa eficiência do motor, o caminhão não vai conseguir enfrentar todos os quilômetros diários necessários, precisará ser levado até a oficina com maior frequência e ainda pode comprometer a segurança dos motoristas da frota.

Ao descobrir como o eixo é um item fundamental, fica mais fácil entender a importância de analisar com atenção a capacidade do equipamento e a potência do motor durante a negociação. Assim, você pode identificar se o caminhão conta com todas as condições necessárias para atender às necessidades da sua frota.

Quais outros aspectos do motor devem ser analisados?

Antes de fechar um negócio, além de considerar o trem de força com o eixo do caminhão, diversos pontos relacionados ao primeiro devem ser analisados. Confira os principais:

  • faça um test drive do veículo, de preferência com ele carregado. Assim, é possível identificar batidas, ruídos e trepidações em excesso que não deveriam ocorrer;
  • analise seu desempenho em subidas e descidas, prestando atenção na precisão do engate de marchas;
  • Para caminhões seminovos veja se o motor demora para aquecer ou se aquece em uma velocidade maior do que deveria;
  • Também para caminhões seminovos, caso ainda tenha dúvidas, leve o caminhão para um mecânico de confiança. Ele poderá oferecer uma opinião especializada e apontar problemas que você não percebeu.

Qual é a capacidade dos diferentes tipos de caminhões?

A capacidade de carga dos caminhões varia bastante e depende de diversos fatores, como o tipo do veículo e os eixos disponíveis. Conhecendo a capacidade de cada tipo, é possível ficar atento e descobrir quais deles precisam de uma maior potência dos eixos e de um motor mais potente. Abaixo, veja qual é o peso bruto total máximo de cada tipo de caminhão:

  • semileve — 6 toneladas;
  • leve — 9 toneladas;
  • médio — 15 toneladas;
  • semipesado — 27 toneladas;
  • pesado — 74 toneladas.

Quais outros elementos devem ser considerados na hora da compra?

Fez uma análise cuidadosa do motorw, dos eixos e do tipo de veículo mais adequado para sua frota? Veja outros três aspectos aos quais você deve ficar atento:

  • capacidade de carga — um veículo indicado para uma carga de 3 toneladas não é o mesmo destinado ao transporte de 13 toneladas, certo? Dessa forma, fique atento na hora de escolher um modelo para não prejudicar as operações da frota;
  • durabilidade — elementos como pneus, suspensão e tração também devem ser analisados com cuidado, pois estão diretamente ligados à vida útil de todo veículo;
  • trajeto da carga — não se esqueça de ter atenção às possíveis rotas de trabalho que o caminhão vai fazer no futuro. Estradas de má qualidade, por exemplo, demandam um caminhão resistente, enquanto rodovias desniveladas precisam de modelos de maior potência.

Com todas essas informações em mente, fique atento a todas as novidades e lançamentos da Scania para escolher veículos de qualidade e um motor de caminhão ainda mais eficiente. Em 2017, por exemplo, a empresa lançou dois novos motores de 450cv e 510cv, que oferecem um sistema de injeção com grande economia de combustível.

Gostou do texto? Para saber mais informações sobre caminhões que podem compor a sua frota, entre em contato conosco hoje mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *