Direção segura na estrada: 10 dicas de boas práticas ao volante - Blog Cavese Scania - Tudo sobre o seu caminhão
Direção segura na estrada: 10 dicas de boas práticas ao volante

Se você cuida da frota de caminhões da sua empresa, já deve saber que zelar pela direção segura na estrada é essencial para garantir a integridade dos seus motoristas e também de todas as pessoas que transitam pelas estradas diariamente.

Infelizmente, as rodovias do nosso país não se destacam pela boa conservação e, em razão disso, são os condutores que precisam se prevenir para fugirem de acidentes. Quando o assunto é caminhão, os cuidados devem ser redobrados, já que ocorrências com veículos dessa categoria sempre serão mais graves.

Para frotistas, o grande desafio está em cuidar tanto da frota quanto da vida de todos os integrantes e, por isso, a direção defensiva deve iniciar antes mesmo que os condutores deem a partida no motor do caminhão.

Para ajudá-lo a promover a direção segura na estrada para sua equipe, veja a seguir 10 dicas de boas práticas ao volante. Boa leitura!

1. Permaneça em uma velocidade compatível com as condições climáticas

Estar sempre dentro da velocidade máxima permitida não é sinônimo de segurança, ainda mais em dias de chuva intensa. Recomende aos condutores da sua frota adequar a velocidade conforme a instabilidade climática, incentivando atitudes como:

  • acender os faróis;
  • não deixar os vidros embaçados;
  • parar o caminhão fora da pista — caso não tenha condições para dar continuidade à viagem.

Em caso de neblinas, por exemplo, o ideal é acionar o farol baixo. Outra recomendação importante quanto à chuva é: nunca correr por cima de poças d’água, para evitar a aquaplanagem do veículo, o que pode atrapalhar o controle da direção.

2. Mantenha a mão no volante e atenção no trânsito

É importante que as mãos estejam sempre no volante, tirando-as somente para trocar a marcha. Em um momento de risco, é fundamental que o condutor tenha condições de manobrar prontamente, a fim de evitar uma batida ou outros acidentes. Por isso, proíba o uso de celular e de outros aparelhos que inabilitem as mãos de realizar os comandos de direção corretamente.

3. Tome cuidado com o limite máximo de carga

Além de diminuir a vida útil dos componentes, o excesso de peso compromete o desempenho dos freios e a estabilidade do caminhão, tornando-o mais suscetível a causar acidentes.

Mostre aos seus condutores a importância de eles checarem o limite máximo permitido, bem como a forma mais indicada de carregamento das mercadorias. Dessa forma, você garante uma viagem mais segura e tranquila para todos.

4. Faça manutenção e revisão constantemente

Do mesmo modo que estar sempre alerta em relação às mudanças de comportamento do veículo, é crucial realizar a manutenção preventiva e respeitar as datas de revisão. Algumas falhas mecânicas só são detectadas quando o equipamento já quebrou, o que pode ser tarde demais para quem está na estrada.

É justamente para isso que servem as revisões. Nelas, um mecânico capacitado troca as peças comprometidas e faz ajustes pontuais para manter o caminhão em boas condições.

Além disso, a manutenção preventiva deve ser seguida à risca. Trocar o óleo, verificar o freio, testar as luzes, calibrar e fazer rodízio de pneus são tarefas que devem fazer parte da rotina dos caminhoneiros. Tudo isso proporciona uma economia considerável com manutenções corretivas e garante mais segurança.

5. Sinalize sempre

Para garantir uma direção segura na estrada, a sinalização deve ser feita sempre que o condutor mudar de pista de rodagem, realizar uma conversão ou estacionar. Usar a seta é imprescindível para que os outros motoristas estejam previamente cientes da manobra.

Ao mudar de faixa, é importante verificar se ela está livre e se será possível entrar nela com uma velocidade e distância cabíveis quanto aos outros veículos. Essa prática aumenta a visibilidade de quem está na pista, sendo a melhor forma de evitar manobras bruscas.

Além disso, incentive sua equipe a evitar ultrapassagens pela direita ou em trechos onde essa conduta é proibida. Assim, eles não colocam a vida das outras pessoas em risco.

6. Mantenha uma distância segura dos outros veículos

Um dos acidentes mais frequentes é a colisão traseira. Geralmente, ela é consequência de um estilo de direção que ignora a distância entre os veículos. Isso soa bastante óbvio, porém, muitas pessoas acreditam que são capazes de reagir antes de evitar uma batida.

Ocorre que, quando o carro da frente freia, existe um tempo de reação para que o motorista de trás perceba e possa desviar. Desse modo, por mais eficiente que seja o sistema de freios, ele acaba sendo pressionado, pelo menos, alguns centésimos de segundos depois, o que separa a frenagem segura de um acidente.

Por conta disso, fique atento a esse detalhe. Lembre-se de que, em situações de emergência, é preciso espaço considerável para reduzir a velocidade do caminhão e se esquivar de uma batida.

7. Saiba dimensionar o tamanho do caminhão

Quando o assunto é direção segura na estrada, saber calcular (mentalmente) a dimensão do caminhão é mais do que necessário. Muitos condutores — seguros demais em suas habilidades ao volante — podem realizar manobras arriscadas, colocando a segurança de todos em risco.

Não é boa coisa dividir a curva com outros veículos ou fazer ultrapassagens apertadas. Esses são casos recorrentes em que caminhoneiros irresponsáveis podem provocar acidentes por não conhecerem o tamanho do caminhão que dirigem.

8. Utilize o farol alto corretamente

Os faróis foram criados para iluminar grande parte da estrada. No entanto, caso o motorista tenha que enxergar mais à frente, para ver a entrada de algum trevo ou uma placa, ele pode acionar o farol alto.

O problema desse mecanismo é que ele aponta o facho de luz para um grau acima do farol baixo. Assim, prejudica a visão de motoristas que estão na frente do caminhão ou na direção contrária.

Esse equipamento só deve ser utilizado em circunstâncias nas quais isso não ocorra. Para isso, basta que o condutor esteja a uma distância segura dos demais ou sozinho na pista.

9. Use a tecnologia a seu favor

Os aparatos tecnológicos são essenciais para gerar economia (combustível, freios, peças, pneus etc.) e dar mais segurança durante os trajetos, sabe por quê? A resposta é simples: eles são simples, dinâmicos e funcionais.

O GPS, por exemplo, é uma ferramenta indispensável, pois concede informações relevantes durante as viagens, como engarrafamentos, acidentes próximos, bloqueios, desvios de rota e locais de parada. Sem contar que alguns contam com alertas de radares. Portanto, utilize-o sempre para garantir apoio/suporte e evitar atrasos.

10. Treine os seus motoristas

Invista em um treinamento que possa mudar hábitos inapropriados ao volante. Procure por uma capacitação que aborde tanto a teoria quanto a prática para reforçar o aprendizado dos seus condutores.

O Scania Driver Coaching, por exemplo, oferece aos caminhoneiros a oportunidade de ter o melhor desempenho em seus trajetos. Assim, eles contribuem para aumentar a segurança nas rodovias e melhorar a economia de combustível, além de reduzir a pegada ambiental.

Se as dicas de direção segura na estrada mencionadas neste texto forem colocadas em prática na sua frota, você obterá inúmeros benefícios que vão desde a garantia da integridade física de sua equipe até a economia com reparos nos caminhões.

Gostou dessas dicas? Aproveite e utilize o campo de comentários abaixo para fazer críticas, perguntas e/ou sugestões sobre o tema!

Comments (1)

  1. A CAVESE , está de parabéns com o seu blog, dicas importantissímas que irão agregar mais Lucro, Econômia e principalmente Segurança. Estou facinado com o meu SCANIA R 400, sem dúvida as minhas viagens nunca mais serão as mesmas. Valeu CAVESE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *