Como sua gestão de frotas pode contribuir para o meio ambiente? - Blog Cavese Scania - Tudo sobre o seu caminhão
Como sua gestão de frotas pode contribuir para o meio ambiente?

A preocupação com o meio ambiente está cada vez mais em alta na sociedade, assim como a importância das empresas logísticas adotarem soluções para uma gestão de frotas ecologicamente correta.

Ações que vão desde o consumo de combustível consciente por parte dos colaboradores até a renovação da frota podem contribuir para um planeta mais saudável, promover uma gestão mais eficiente e ainda ampliar os lucros da organização.

Quer saber mais? Continue a leitura deste post e confira ideias para tornar a sua empresa mais sustentável!

Condução econômica

Uma excelente forma de tornar a frota mais sustentável é orientar os motoristas sobre a importância de dirigir de forma cautelosa, evitar arrancadas bruscas e outras ações que promovem o alto consumo de combustível.

Além disso, é necessário que os colaboradores estejam cientes de que devem utilizar gasolina ou diesel de excelente qualidade (energia de baixa qualidade contribui para o aumento de gases poluentes) e abastecerem sempre em postos confiáveis, devidamente homologados pela ANP – Agência Nacional do Petróleo.

Orientação sobre descarte

O gestor deve orientar seus funcionários sobre o impacto que o descarte incorreto de lixo e pneus tem no meio ambiente e incentivar o seu colaborador a armazenar tudo corretamente no veículo e descartar no final do dia diretamente na empresa. Para isso, cestos e caçambas para cada tipo de resíduo podem ser implantados dentro da organização.

Para incentivar ainda mais os colaboradores a criarem uma consciência sustentável, a empresa pode oferecer um programa de benefícios que incentive a prática diária de ações promovendo a sustentabilidade.

Manutenção preventiva

Verificar constantemente se as peças dos veículos da frota estão em perfeito estado é uma das principais ações que contribuem para que os caminhões emitam cada vez menos gases na atmosfera.

É preciso realizar sempre uma regulagem para evitar a queima excessiva de combustíveis. Além disso, a manutenção preventiva garante um melhor desempenho da frota.

Os motoristas também devem estar cientes de que, ao notarem qualquer anormalidade no veículo, devem reportar ao gestor para que seja realizada uma inspeção o mais rápido possível. Mesmo os problemas mais simples, se não forem reparados na hora, podem gerar custos desnecessários para a organização.

O alinhamento e balanceamento de cada caminhão também deve ser programado. Eles são essenciais para promover a segurança do colaborador, evitar problemas na suspensão e o desgaste dos pneus.

Se a empresa não possuir um fluxo de caixa para realizar as manutenções, ela pode optar por terceirizar esse serviço.

A contratação de uma empresa especializada permite o checklist de itens diversos a cada revisão, a garantia e a qualidade dos serviços executados, previne paradas inesperadas e promove um melhor controle dos custos operacionais, já que ela receberá parcelas fixas, além de permitir que o gestor dedique-se a outras atividades.

Respeito aos limites de carga

Apesar de ser um item desconhecido por muitos gestores, o excesso de carga é um dos fatores que ajudam a emitir mais gases poluentes. Além de deixar a viagem menos segura, contribuir para o alto consumo de combustível, o desgaste do pavimento das rodovias e reduzir a vida útil da frota.

Implementação de software de gestão

Essa solução evita a necessidade de controlar tudo manualmente, reduz os erros e o retrabalho, ajuda a aumentar a produtividade da empresa e ainda fornece relatórios que permitem acompanhar os custos, o desempenho da frota e tomar decisões embasadas em dados.

Com o software de gestão, os veículos da frota podem ser monitorados em tempo real. Assim, comportamentos inapropriados — como o desvio de rota, por exemplo, podem ser acompanhados. A equipe pode ficar sempre atenta e tomar ações preventivas que promovam a segurança do motorista e da carga, como o bloqueio do veículo, se suspeitarem que ele foi roubado.

Muitos sistemas oferecem ainda a recuperação veicular, com suporte aéreo e terrestre em todo território nacional.

Outro recurso é a integração dos dados de combustível — local em que o veículo foi abastecido, valor, quilometragem percorrida por litro, rotas utilizadas, entre outras funções que tornam a gestão de frotas mais inteligente e econômica.

É possível também agendar a manutenção de cada veículo no sistema para controlar melhor as preventivas e os custos gerados com reparos. Além da supervisão rigorosa do tempo de duração de itens como pneus, amortecedores, freios, entre outros.

Investir em um sistema de gestão e monitoramento ainda é uma boa solução para traçar a rota mais eficiente, comparar diversos caminhos e, assim, reduzir o tempo de entrega das mercadorias.

O gestor pode solicitar relatórios diários, semanais ou mensais em forma de gráficos para analisar o desempenho da frota, quais veículos estão gerando altos custos para a organização, bem como os mais econômicos e a performance dos motoristas, podendo aplicar as ações corretivas necessárias.

Tamanho correto dos veículos

Uma tendência no setor logístico é diversificar o tamanho da frota. O comprimento do veículo também ajuda a otimizar o tempo de transporte e a reduzir os custos de cada viagem. De acordo com o local e distância da entrega, será escolhido o modelo de carro mais adequado. Assim, as empresas não precisam enviar caminhões grandes para realizar uma entrega pequena.

O resultado? Muito mais economia para a organização, clientes satisfeitos e ampliação da vida útil da frota.

Renovação da frota

Investir em caminhões mais modernos é fundamental para retirar os veículos poluidores das pistas, reduzir de forma drástica as emissões de CO², promover um trânsito mais seguro, mais agilidade nas entregas e um desempenho ainda melhor dos serviços logísticos da companhia.

Os novos caminhões disponíveis para venda no mercado são fabricados com uma tecnologia diferenciada, capaz de reduzir em até 80% a emissão de gases na atmosfera e de otimizar os gastos com gasolina e diesel.

As empresas logísticas que investem em ações sustentáveis tornam-se mais competitivas no mercado, cuidam do meio ambiente e promovem o bem-estar da sociedade. Sem contar que criam processos mais econômicos, evitam desperdícios e retrabalho.

Com isso, conquistam credibilidade e podem se tornar referência no segmento. E você, quais ações sustentáveis implementa no seu negócio? Deixe seu comentário!

Comments (1)

  1. […] A gestão de frota de caminhões é uma tarefa que demanda bastante cautela e sabedoria, pois alguns métodos exigem dedicação e são eles que podem levar sua transportadora ao sucesso comercial e financeiro. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *