Caminhão e tecnologia: saiba as principais inovações do setor - Blog Cavese Scania - Tudo sobre o seu caminhão
Caminhão e tecnologia: saiba as principais inovações do setor

O setor de transporte de cargas é um dos mais versáteis do mercado. Isso se dá por causa da natureza de suas operações, fazendo com que caminhão e tecnologia andem juntos com as principais inovações do segmento, o que aumenta a produtividade e o desempenho dos veículos.

É papel do proprietário de frotas estar ligado às novidades que logo farão parte do cotidiano do setor. Pensando nisso, reunimos, neste artigo, as principais tendências em tecnologia rodoviária. Veja a seguir!

Softwares de gerenciamento de frota

Elaborados para simplificar o trabalho de gestores, os sistemas de gerenciamento de frotas já são usados pela maioria dos negócios da área de transportes. Ao diminuir a burocracia e eliminar operações manuais, essa solução facilita o controle de veículos, visto que todos os dados podem ser adicionados e armazenados no próprio software.

Além de garantir a integridade das informações, também é possível monitorar de perto a manutenção preventiva dos caminhões, diminuindo custos e disponibilizando a quantidade exata de veículos para todos os serviços. Sem contar que o programa também pode criar relatórios de acordo com estatísticas reais, o que permite aprimorar e direcionar as estratégias, elevando a produtividade do negócio.

Felizmente, existe um catálogo bastante variado de softwares no mercado, e eles podem ser acessados por meio de um computador convencional ou dispositivos móveis (smartphones e tablets) — basta escolher a opção que mais atende às demandas da sua empresa. Seu custo costuma ser bem acessível, especialmente quando comparado com as vantagens que ele pode oferecer.

Sistema de roteirização

Planejar as rotas de deslocamento é uma ação muito bem-vinda para o transporte de cargas. Isso se dá pelo fato de dar mais segurança e diminuir o prazo de entrega e custos.

Esse tipo de sistema tem como principal funcionalidade a otimização das rotas de viagens, uma vez que se encarrega de disponibilizar os melhores trajetos com base em mapas virtuais.

A utilização de dados de geolocalização evita que a frota:

  • trafegue em congestionamentos;
  • utilize rodovias em más condições;
  • siga caminhos desnecessários, mais extensos;
  • gere custos maiores para o negócio com pedágios, combustível e desgastes do caminhão.

Vale ressaltar que essa tecnologia facilita o cálculo do frete e também diminui o prazo de entrega.

Computador de bordo

Presentes nos carros de passeio há algum tempo, os PCs de bordo estão sendo instalados com mais frequência em caminhões. Essa tecnologia descomplica a inspeção de diversas informações importantes, como horímetro, relógio, quilometragem total e parcial, bem como dados sobre eventuais falhas nos componentes do veículo.

O apetrecho ainda consegue fazer diagnósticos que ajudam na hora da manutenção, uma vez que os problemas são facilmente descobertos graças aos registros em tempo real.

Além disso, essa solução, que engloba caminhão e tecnologia, também avalia a necessidade de troca de óleo lubrificante, o que ajuda a prolongar a vida útil do motor..

Direção autônoma

Os veículos que não necessitam de motoristas estão mais próximos da realidade. E se engana quem pensa que essa inovação se restringe aos modelos de passeio, pois já existem marcas apostando em condução autônoma também para caminhões.

A direção é feita por sensores, câmeras e radares, deixando o condutor livre para repousar ou fazer outras funções durante a viagem. O sistema faz uma checagem completa ao redor do caminhão, identificando obstáculos, sinalizações de trânsito, pedestres e informações sobre os outros carros, como velocidade, direção, tamanho e posição.

A tecnologia ainda promete definir os melhores percursos, agilizar as entregas, diminuir o consumo de combustível e reduzir o número de acidentes na estrada. Porém, o intuito não é substituir totalmente o condutor, mas permitir que ele aproveite seu tempo durante os pontos mais entediantes do caminho.

Motores elétricos

O constante pensamento sustentável tem incentivado o mercado automotivo a buscar novas fontes de energia. Uma delas são os caminhões equipados com motores elétricos.

Entre suas vantagens mais notáveis está a redução na emissão de gases poluentes na atmosfera. Além disso, a produção de energia elétrica é muito menos prejudicial ao meio ambiente se comparada com a queima de combustível fóssil.

Contudo, os benefícios não param por aí. Esse tipo de motor quase não emite ruídos, o que ajuda a minimizar inclusive a poluição sonora gerada pelo tráfego, garantindo uma direção mais agradável. Sua manutenção também merece destaque, pois ele contém componentes/peças distintos dos motores convencionais.

Veículos do tamanho certo

O objetivo principal das empresas de transporte rodoviário é a agilidade. Em razão disso, é fundamental que uma frota conte com veículos de tamanhos variados, a fim de diminuir custos e elevar a eficiência de cada trajeto.

Essa atitude evita que caminhões transportem cargas que não condizem com seu tamanho, o que torna o processo mais rápido, seguro e econômico. Dessa forma, também é possível atender mais clientes, já que a disponibilidade de veículos aumenta conforme essa tendência.

Compreendendo esse cenário, muitas marcas já contam com modelos dos mais variados tipos e tamanhos em seus catálogos. Portanto, é só você fazer o estudo necessário e planejar a frota mais adequada para atender as necessidades da empresa.

Dupla embreagem

A dupla embreagem — inovação que ainda não chegou no Brasil, mas já foi difundida pelo mercado internacional —, traz como principal atrativo a agilidade na troca de marchas, além de maciez e um menor desgaste nas peças do caminhão, reduzindo os custos de manutenção.

Esse recurso inteligente permite até mesmo pular marchas, indo da quarta para segunda em subidas, por exemplo, ou da terceira para a quinta em descidas.

Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC)

O ESC (Eletronic Stability Control) diminui as chances de derrapagem e capotagem em curvas — funcionalidade indispensável para caminhões que puxam cargas extensas e pesadas, como bitrens graneleiros.

Esse equipamento utiliza duas funções principais:

  1. DSP: garante o equilíbrio do caminhão em trajetos molhados pela chuva, gelo ou neve, e reage somente quando detecta pouca tração e o veículo precisa efetuar uma manobra;
  2. ROP: reduz a incidência de tombamento do caminhão quando ele está em solo seco e precisa frear repentinamente.

Vale ressaltar que o controle eletrônico de estabilidade será obrigatório a partir de 2020. Ainda tem tempo para se regularizar, mas é bom já ir se preparando para implantá-lo nos seus veículos.

Serviços Conectados Scania

O Serviços Conectados Scania foi lançado no Brasil recentemente. Com ele, as transportadoras podem gerenciar suas frotas por meio da utilização inteligente de informações dos veículos aliada à rede de concessionárias da marca.

Com essa tecnologia, é possível implantar ações de melhoria que ajudam na diminuição do custo por Km rodado e no aumento da eficiência da empresa. O transportador e a própria Scania têm acesso a referências dos caminhões que podem identificar alguns fatores importantes, como intervalos de manutenção, velocidade média, consumo de combustível e estilo de condução do motorista.

Os dados são fornecidos por um pequeno dispositivo, denominado Scania Communicator, inserido no veículo. Os caminhões fabricados desde maio de 2016 já contam com este equipamento, porém é preciso ir até uma concessionária para que ele seja acionado e passe a transmitir as informações.

E então, o que achou das principais inovações de caminhão e tecnologia? Está tentado em implantar algumas delas na sua frota? Aproveite e assine nossa newsletter para ser notificado assim que publicarmos novos conteúdos. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *